Monday, December 22, 2008

Disney´s Nine Old Men - Wolfgang Reitherman

"Woolie" (1909 - 1985), como era conhecido, entrou nos estúdios Disney em 1934, para trabalhar ao lado de Ward Kimball (que eu ainda não postei) e Milt Kahl. Depois de trabalharem juntos em três curtas, Woolie trabalha em seu primeiro longa em 1937, nada mais nada menos que "Branca de Neve".

De "Pinóquio" ao "Cão e a Raposa" ele trabalhou em todos os filmes da Disney, sendo que depois da morte de Walt Disney, ou mais precisamente depois que Walt se voltou totalmente para o parque, Woolie dirigiu todos os filmes até sua aposentadoria em 1981. Três anos antes de sua morte, já está virando praxe, com essa galera, os caras batalhavam até o final.

UP - A nova pérola da Pixar

Pois é! A Meca da Animção contemporânea, a venerada PIXAR, já algum tempo está nos dando o gostinho de seu mais novo Longa: UP. É a história de um coroa, que faz sua casa voar com um monte de bolões de festa e vai até a América do Sul (hehehe!!! difícil alguém tirar onda com isso), mas como sempre os roteristas PIXARnianos, liderados por Bob Peterson (co-roterista de Nemo e design dos dois Toy Story), fizeram um grande elemento de conflito: botaram um muleque escoterinho que invade a aventura aérea do coroa. Vai dar muita história aí.
Com visual e os personagens cada vez mais interessante, a Pixar sai do seu pedestal de filial da Disney e experimenta mais no seu design. Mas temos que ter paciência, é difícil movimentar o bilhonário mercado de espectativas dos filmes com o selo PIXAR. Não dá pra esperar um visual Gobellis em Hollywood, assim, de uma hora pra outra.
Mas essa brincadeira só está prevista para ser lançada em 29 de Maio de 2009, enquanto isso vamos curtir a tão esperada (pelo menos pra mim) estréia de BLOT da Disney, no início de janeiro.
Para os que ainda não viram, aí esta o novo clipe do Filme:

Tuesday, December 9, 2008

Disney´s "Nine Old Men" - Milt Kahl

Milt (1909 - 1987) foi um dos grandes design de personagens da Disney. Mas sua filmografia como animador é ... hehehehe ... impressionante, mais uma vez todos os grande clássicos. Essa galera, com esse conjunto de obras, pode dizer que construiu algo grande na vida.Ele começou intervalando os primeiros filmes do Mikey, mas logo começa a merter bala na animação casca grossa. Seu primeiro filme como diretor de animação foi Pinóquio, mas ele permaneceu, na grande maioria, como animador mesmo. O cara queria era por a mão na massa!
E aqui tem um documentário (em tres partes) muito legal do Milt:








Astero kid

Esse cara, Astero Kid, ainda está com site fora do ar (http://www.asterokid.com/) mas fiquem com o link em mãos, deve vim coisa boa por aí.
Depois dele ter feito o filme Sigg Jones (http://www.vimeo.com/790881), que é doidera total, muito bem executado, explorando bastante as câmeras e os personagem. Astero manda essa animação do Galactic Mail, é muito show de bola. A animação em si é boa, mas o que tá se destacando mesmo é a decupagem, layout de cena e os movimento de câmera. CINEMÃO do melhor de Star Wars. Isso é legal ver, a galera se preocupando com a linguagem fdo filme, também.
Um cara com esse vizoo só pode ter vindo de onde ... França!! A escola francesa domina nessa liberdade estilística. O cara é frances mas tá ta fazendo fama em Londres.
E pra galera que ainda não viu, tá aí o link:
http://www.vimeo.com/2251254

Friday, December 5, 2008

Disney´s "Nine Old Men" - Eric Larson

Eric Larson (1905 - 1988) começou nos estúdios Disney em 1933. O cara tem passagem garantida nos clássicos desde Branca de Neve em 1937 como animador. Ele começa a ser diretor de animação em Pinóquio em 1940. Seu último filme na Disney foi "O Ratinho Detetive" em 1986, onde ele foi consultor de animação. Daí ele se aposenta, mas não resiste ficar só de pijama em casa e morre dois anos depois. Mas isso tudo agente já imagina, agora o mais irado é que em 1973, Eric funda o programa de treinameto da Disney. E desse programa surgem vários nomes, que babamos o ovo hoje em dia: Brad Bird, Tim Burton, Andreas Deja, Gary Goldman, Glen Keane, John Lasseter, Richard Rich.

Isso prova mais uma vez, os bons nascem dos melhores.

Thursday, December 4, 2008

Disney´s "Nine Old Men" - Les Clark

Esse integrante do seleto grupo dourado de animadores da Disney foi o primeiro a trabalhar com Walt, em 1927, e dos nove o único que participou da criação do Mikey Mouse. Na época o Les era mulequão e foi assistente de Ub Iwerks (um dia eu falo desse cara, vale o destaque), intervalando o clássico "SteamBoat Willie", mas ele estava lá desde a época de o Coelho Oswald (sucesso anterior ao Mikey, e ponto de partida pro rato).
Leslie James Clark (1907 - 1979), participou de grandes produções clássicas como: Fantasia, 101 Dálmatas, PeterPan, Dama e o Vagabundo, Pinóquio, Cinderela ... (Na verdade todos os clássicos Disney, hhehehe!!!).
Ele se aposenta em 1975, um pouco antes de sua morte e nove anos após a morte de Walt Disney, com quem viveu uma longa história de sucesso.

Wednesday, December 3, 2008

Revista do Mundo Canibal

AAAHHHHHH MMUUUUULLLEEQQUUUEEEE!!!!!
Os caras são insaciáveis!!!! Pra mim um dos maiores sucessos (de crítica e de público) do país no que diz respeito aos seus personagens, os Irmãos Piologo decolam rumo a fama. Depois do consolidado sucesso do Mundo Canibal na Web, joguinho de celular, bonequinho de pelúcia, chicletes e sex toys (hehehe!!!) agora eles emplacam mais um super-produto, que tem tudo pra abalar o mercado: a Revista do Mundo Canibal.
Para os que tinham saudade da boa e velha MAD, as páginas com Carlinhos e seu Antropofágico grupo, trazem toda a insanidade grotesca, que tanto cultuamos em seus filmes da web e muito mais.

Eu também já andei me divertindo com Carlinhos. Que por acaso tô devendo pros caras. hehehe!!
Um dia volto lá em Indaiatuba pra tomar uma cachaça com eles (espetacular a cachaça de lá).
E ficamos aguardando os próximos inusitados lançamentos, quem sabe num vai ser o tão esperado longa: "CHUTA QUE É MACUMBA!!!".

Disney´s "Nine Old Men" - Marc Davis

Muitos de nós só ficamos ligados em Ollie Johnston e Frank Thomas (merecidamente endeusados), esquecendo o resto de um time de ouro da Disney. Por isso Hoje começo aqui uma série falando dos outros sete membros dessa seleta casta de animadores que ajudaram a formar a base da arte de animar. E o primeiro da série é Marc Davis (1913-2000). Foram 43 anos de Disney desde os anos 40, animando e dirigindo clássicos como: Bambi, Dama e Vagabundo, Peter Pan, Alice no país das Maravilhas entre outros.
(motivo pelo qual comecei a escrever a série, estava procurando que animou a Tinker Bell e vi que foi esse cara, e é divino).

Tá aí uma entrevista com o o cara:


Tuesday, December 2, 2008

MADAGASCAR 2

É senhores, temos uma nova escapada pela tangente da DreamWorks no segundo filme da série Madagascar. Ainda mais, com o estúdio chegando a um patamar superior com KungFu Panda, num dá pra voltar atrás.
Personagens Bons, muito bem definidos (já consolidado pelo primeiro filme). uma excelente apresentação visual, indiscutível qualidade técnica e artística .... MAAASSSS .... os caras continuaram a escorregar rítimo da história. Como no 1o., começa bem, apresenta o conflito principal e se perde depois dentro das sub-tramas, deixando o filme ficar morno.

Outra crítica que faço é sobre design dos antagonistas, muito estereotipados, destoando totalmente do magnífico design que tem os personagens do filme.
Mas isso tudo é uma visão adulta da coisa, pois pelo termômetro da molecada que lotava a sala de cinema, foi sucesso total.
Vai vender muito Bonequinho.

Sunday, November 30, 2008

80 anos de Mikey Mouse

No dia 18 de Novembro, o camundongo mais famoso do mundo comemorou seus 80 anos.




Desde sua criação em 1928, quando foi batizado originalmente de Mortimer e graças ao bom senso de Lilian esposa de Walt Disney ganhou seu nome atual, MIKEY MOUSE foi num crescente ávido de sucesso e ascendeu de personagem para o status de marca. Marca essa que levou o nome Disney para todos os cantos do planeta.


Hoje o Mikey sozinho fatura a merreca de 6 bilhões de dólares, cerca de um terço do que arrecada todo grupo Disney.
Quando que Disney junto com seu desenhista e braço direito (na época) Ub Iwerks (segundo as teorias conspiratórias o verdadeiro desenhista do ratinho), podiam imaginar que aquele rato preto poderia chegar a isso.

PARABÉNS MIKEY MOUSE!!!!!

RED ROVER


O site 3dtotal, postou semana passada mais uma animação feita pela Red Rove, éstúdio canadense que tem escritórios nos EUA e no México também.



Sasktel "Raving Red" TV Spot from Britton Plewes on Vimeo.


Basicamente voltados pra publicidades eles garatem uma qualidade de animação invejável. Esse agora é uma campanha para SASKTEL, animação e atuação super-legais, fora o visual natalino show de bola (estilão Natal do Mikey feito pela Blur, mas acho que esse da Red ficou muito melhor).

GREED


Mais uma pérola saida das turmas de animadores do AnimationMentor.
GREED é uma animação, como poucas, que se concentra na atuação densa do personagem. Querendo captar o pouco que resta de uma mente perturbada. Mas vale também apontar o destaque para o ambiente em que a situação absurda, deste personagem, acontesse: um banheiro estilo "Jogos Mortais", muito apropriado pro desenvolvimento interno que fazemos do personagem.




watch more at aniBoom

Alli Sadegiani é um animador suéco, que ganhou os premios "Best Dialogue Acting" e "Mentor Choice Award" durante sua formatura no Animetion Mentor em Agosto (http://www.embrya.se/blog/). E merecidamente, o filme de Acting dele é sensacional. Confiram tudo isso, e muito mais, no site do cara: http://www.embrya.se/, que por acaso é bem legal (atenção para os bonequinho no canto da tela).

Sunday, September 28, 2008

OKTAPODI

Mais uma vez, filhotes da Escola Francesa Gobelins, estam tirando onda pelo mundo.
Julien Bocabeille, François-Xavier Chanioux, Olivier Delabarre, Thierry Marchand, Quentin Marmier e Emud Mokhberi são a bola da vez dos curtas de animação, com o filme Oktapodi. Desde que eles finalizaram o filme já arremataram vááááários premios importantes, que todos podemos conferir no mural de troféus pendurado no site do filme: http://www.oktapodi.com/

No site também tem um vídeo de makingOff muito legal!!! Que prova que os caras num tavam de brincadeira. Eles basicamente acompanham a mesma linha de produção do "Burn Safari" (também filhote da Gobelins).
Bom! Vou por os vídeos qui pra poupar trabalho. Vale muito a pena dar uma olhada. Os caras mandaram muito bem!!!



Tuesday, September 23, 2008

Mais BOLT

Olá galera!!!
Faz tempo que não dou notícias. mas voltei!! E com mais um vídeo do novo filme de animação da Disney: BOLT. Nesse vídeo podemos constatar que o filme vai fazer bonito. Um desing de personagem muito interessante e uma sutileza de interpertação dos personagem que tira a imagem de mais um filme de natal da Disney.
Confiram!!!

Thursday, August 7, 2008

The Princess and the Frog


Até que enfim temos o primeiríssimo teaser de "A Princesa e o Sapo", o próximo clássico 2d da Disney.
Muito bom ver a animação tradicional voltar as telonas em um filme tão promissor. Confesso que estava com muita saudade dos clássicos Disney.
Muito legal, confiram!!

Wednesday, August 6, 2008

Making Of Tubarões

Já faz um tempo que estou querendo por este vídeo aqui no Blog. A galera lá do PROJAC está mandando muito bem.

Meu grande amigo Marcos Piolla que integra a equipe de animação do dep. de efeitos especiais da CGP, junto com outro grande parceiro Alexandre Thundro, fizeram esse trabalho dos tubarões para o "DIDI" (apesar do programa do Didi não merecer isso). O mais legal de tudo é a diversidade de ferramentas, usando o melhor de cada uma. Foram dois minutos de filme feitos em 3 semanas.

Usando a tecnologia em função da arte e não o contrário.
Mais uma vez parabéns pra essa equipe, que conseguiu impor qualidade na produção de animação dentro da CGP. E ganhou moral, muito merecida.

Making Of Tubarões Didi from Marcos Piolla on Vimeo.

Sunday, July 20, 2008

BOLT

Enquanto lutamos por míseras imagens, e notícias truncadas, das próximas mega produções da Disney: "Rapunzel" e "A Princesa e o Sapo", nos coformamos com um pequeno mimo que a grande Walt Disney Animation nos oferece para o natal de 2008: "Bolt".


Depois que John Lasseter assumiu a direção criatira do estúdio em 2006, o projeto original que estava na mão do diretor Chris Sanders (Lilo&Stitch) chamado "American Dog", muda seus conceitos básicos de roteiro e visual, e chaga até nós o filme "Bolt".

O filme segue com uma linha visual melhorada do "Família do Futuro", tem um estílo de roteiro que vai se prender a ação, com um dinamísmo intenso. Sem querer tirar conclusões, já tirando, imagino que vai ser um bom filme de fim de ano, mas não passa disso.
É óbvio que esse comentário, a princípio pessimista, não desmerece nem um pouco a qualidade artística e tecnológica do filme. Nisso eles são imbatíveis, na verdade, não podemos nem julgar por esses parâmetros, pois já viraram default em todos os estúdios.


Apesar de não prometer grandes emoções, merece a atenção de todos da área.

Thursday, July 17, 2008

Sonic Unleashed

Para os fãs do porco-espinho mais famoso do mundo, o novo game da SEGA chamdo "Sonic Unleashed", taz nosso herói Sonic mais IRADO do que nunca.
Mas não se apressem, essa criança ainda está para se lançada até final do 2008 (não estou falando dos piratas ETs que conceguem essas coisas antes do lançamento), para as plataformas Xbox 360, Nintendo Wii, PlayStation 3 e PlayStation 2.
Bom melhor do que falar é ver, divirtam-se:





Tuesday, July 15, 2008

Direto do Projac

O Departamento de Efeitos da Globo, no PROJAC, desde algum tempo (mais precisamente, quando fizeram uma linda cena de abertura para a novela BangBang em outubro de 2005), houve claramente uma grande evolução na qualidade de algumas artes que foram ao ar, como no Casseta e planeta, Xuxa, Caldeirão do Huck, Didi e muitos outros (e vale um louvor extra por terem conseguido fazer as animações do 2o. filme do Casseta e Planeta).

A equipe de efeitos fez uma luta muito significativa em pról da animação, foi a primeira a conseguir a SINTIC, e não foi uma foram várias, conseguiram uma incrível malhabilidade (para Globo)de usar softwares alternativos, como o MIRAGE e o LightWave3D. Isso não foi de graça eles ralaram, peitaram muita gente e souberam pedir e dar retorno real.

Bom essa introdução toda foi para mostrar alguns trabalhos bem legais, deles:

video


video


video

Sunday, June 29, 2008

Wall-E: Paixão e Aventura

É interessante ter no mesmo fim de semana dois filmes de animação com um alto peso significativo. É fácil e óbvio fazer uma comparação entres os estúdios: Dream Works e Pixar. Mas não vou fazer. Como disse no post do Kung Fu Panda, a características dos estúdios tem de ser levada em conta, principalmente agora, que estou aqui pra falar de WALL-E.



A Pixar, desde Toy Story, quando deu ao mundo o primeiro longa de animação em 3D (não vou entrar na discussão de quem é o 1o. filme: Toy Story ou Cassiopéia - ninguém merece!!), vem mostrando um trabalho incrível no cuidado com seus personagens, a construção da história, com alto padrão na costura da trama e o casamento perfeito de arte e tecnologia. A Pixar ditou o ritmo e puxou todos os outros estúdios, mesmo os que não utilizavam linha visual - 3D (o que fez a Dream Works Animation acabar "definitivamente" (?) com o estúdio de 2D). Penso em todo esse padrão como algo óbvio, já que eles levariam o selo de qualidade Disney.



Bom, isso tudo foi para falar o quanto Wall-E foi importante. Uma enxurrada de signos, dentro de uma meta-linguagem, sobre um roteiro parrudo e personagens simples e cativantes, porém complexos na sua essência. Nós temos um drama romântico, que me trouxe a mente a imagem de "Carlitos", o vagabundo atrapalhado e suas paixões ("o Garoto" e "a Florista", caem como uma luva nessa comparação). E claro, difícil de não identificar, E.T. foi um dos primeiros esteriotipos que Wall-E me remeteu, com seus grandes olhinhos tristes. Todos esses ícones traçam a personalidade do solitário, inocente e doce robozinho esmagador de lixo que passa a vida, contra-pondo sua solidão, juntando coisas em quanto trabalha por uma causa que não existe mais.


Fico pensando o quanto as crianças vão alcançar do filme. O começo, que é lindo, talvez possa começar a se arrastar para as crianças. Mas se dá certo, é por um fio. A história vira quando Wall-E deixa a Terra, o filme começa e não tem mais como se distrair. Nesse momento o filme tem outro ponto alto: como estão os humanos 700 anos depois de terem deixado a terra. Eles fazem uma crítica ao que a humanidade está se tornando, através de uma caricatura de nós mesmos. E essa solução foi extremamente bem executada através da utilização de live action para os antigos humanos e CG para os gordos e preguiçosos novos humanos. Outro bom exemplo dessa crítica ocorre quando um casal de repente é desplugado daquela realidade em que vivia e começa a perceber maravilha de pequenas coisas reais ao seu redor, criando uma pequena narrativa paralela interessante. Toda a construção e desenvolvimento da trama do núcleo humano da história foi Genial!! (Sem esquecer do comandante da nave que deu um show como personagem e símbolo)

Wall-E é uma peça cinematográfica que emociona na sua riqueza de significados e trabalha assuntos críticos da nossa atualidade com muita intensidade.

A Pixar vai ganhar outro OSCAR inevitavelmente e merecidamente!!!

Saturday, June 28, 2008

Kung Fu Panda!!! AAAHHHHH!!!!!


Acabei de sair da sala de cinema e estou ainda paralizado!

Um show de cinema, arte e animação (não querendo dissociar arte de animação).

Ao entender a personalidade de cada estúdio, conseguimos acreditar que filmes como "Kung fu Panda" leva a Dream Works a concorrer pau a pau com a Pixar, apesar de não ter um aprofundamento dos personagens e uma história que se eleva em vários níveis de complexibilidade, tal qual a Pixar herdou dos cabeçudos da Disney. A Dream Works Animation se firma com o que é mais genuíno da animação, diversão total pra todos os públicos com quase 100% de entendimento do que é exibido (como os bons e velhos desenhos dos Looney Toones, Pantera Cor de Rosa etc), e com uma leve lição de moral que amarra toda a história ("Não existe ingrediente secreto").

"Shrek" elevou a DW a uma maturidade sem volta no mundo dos cachorros grandes da animação, pela tecnologia que foi exigida e pela bilheteria que alcançou, e o carisma concentrado nos personagens principais Shrek e o Burro (nem o gato e nem a Fiona chegaram lá). Mas "Kung Fu Panda" confirma o seu status com muito louvor. Outras produções se tornam experimentações para chegar a esse momento: em "Madagascar" um show de Desing e animação (um estílo chicoteado muito legal), mas morreram na praia no quesito atratividade narrativa; o filme "Os sem Floresta" trabalhou muito a psicologia dos personagens, mas eles não foram atraentes o suficiente e os vilões humanos foram largados numa superficialidade incompatível com o resto, no entanto foram bem sucedidos na narrativa, nos dialogos magníficos e na animação impecável.
Com uma direção cinematográfica incrível e uma fotografia impecável, "Kung Fu Panda" explora um dinamismo sequencial muito bom (o tema pede isso e chegam junto fácil). Todo o grupo de personagens principais é bem cuidado e explorado na medida certa da sua hierarquia. Animadores, atenção redobrada no personagem da velha tartaruga "Oogway".
Resumindo. Tá tudo de bom o filme!!!